sexta-feira, 22 de dezembro de 2017

Poema: Em pedaços eu vivi - by Danielle Rodrigues



Em pedaços eu vivi:

Eu tinha medo de me entregar por inteiro. 
Então, despedacei-me para sofrer menos. 
Só não sabia a falta que me faria. 
Meus braços querem abraçar, mas não enxergam a quem.
Meus olhos veem o amor, mas não podem envolve-lo. 
Minhas pernas andam, porém não sabem aonde ir. 
A cabeça pensa, mas não tem a quem direcionar.

E assim, com medo de me entregar por inteiro, vivi aos pedaços, senti aos pedaços, morrerei aos pedaços.


By Danielle Rodrigues


• Para quem gosta leia a Compreensão logo abaixo, só descer a página até o final:






















Quando sentimos excesso de medo fazemos tudo pela metade, um pé a frente, um pé atrás. Por se entregar em pedaços, sentimos apenas pedaços. Nada fica completo, nada é realmente intenso. Tudo se torna mera história apagada com uma borracha que apenas mancha e estraga a folha da vida.